Revista Êxito na Educação

MIT divulgou quem são os 10 jovens brasileiros mais inovadores

Para entrar nessa lista, é necessário ter menos de 35 anos e ter projetos promissores na sua própria área de atuação

Desde 1999, o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (mais conhecido pela siga MIT) publica uma lista com os 10 jovens, de diferentes países, mais inovadores em suas próprias profissões, algo que é chamado de MIT Technology Review. A novidade sobre isso é o fato de que este ano é o primeiro em que a instituição montou uma seleção brasileira.

A lista com os 10 jovens brasileiros mais inovadores foi divulgada hoje, terça-feira (29), sendo que eles competiram com outros 240 candidatos. Além disso, todos os selecionados vão apresentar os seus trabalhos na Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, no próximo dia 13, para que tenham reconhecimento e visibilidade mundial como os ganhadores da competição.

Gente (bem) famosa já fez parte disso

Entre os premiados ilustres desta espécie de evento, podemos citar Mark Zuckerberg (do Facebook) e Sergey Brin (da Google). Para participar dessa competição e talvez fazer parte dos 10 ganhadores, é necessário ter projetos promissores em sua própria área de atuação e que resolvam algum problema da sociedade. Há também o limite de idade, que é de 35 anos.

Sobre o assunto, o diretor do MIT Technology Review brasileiro, Pedro Moneo, afirmou: “O talento e a qualidade do trabalho destes dez ganhadores demonstram o potencial de inovação no Brasil. Estes jovens inovadores desempenham um papel muito importante no desenvolvimento econômico e social, e seus projetos desenham o futuro de nossa sociedade do amanhã”.

Assim como divulgou o pessoal do Olhar Digital, abaixo você pode conferir o nome dos 10 ganhadores, assim como os seus projetos.

  • David Schlesinger (34 anos): software de computador para melhorar o diagnóstico de doenças genéticas.
  • Eduardo Bontempo (30 anos): plataforma de ensino própria para personalizar o ensino em universidades e também em escolas.
  • Guilherme Lichand (28 anos): reunião de informações de celulares com grande penetração com o objetivo de melhorar a gestão de problemas sociais.
  • Gustavo Caetano (32 anos): empresa inserida no segmento de internet que trabalha solucionando problemas de comunicação digital dentro de corporações.
  • Lorrana Scarpioni (23 anos): rede social focada na troca de diferentes experiências e conhecimentos entre os usuários.
  • Lucas Strasburg (22): criação de próteses ortopédicas mais baratas com o uso de plástico reciclado.
  • Mario Sérgio Adolfi Jr. (27 anos): desenvolvimento de softwares para o gerenciamento de cuidados hospitalares.
  • Martin Restrepo (32 anos): método de ensino com o uso de dispositivos móveis para melhorar a formação de empresários e também de estudantes.
  • Vanessa Testoni (34 anos): nova tecnologia de compras online mais seguras.
  • Wendell Coltro (34 anos): tecnologia mais acessível para a fabricação de aparelhos que vão ser usados em análises microfluídicas a partir do papel.


Fonte: TecMundo
Por Rafael Gazzarrini
em 29 de Abril de 2014