Revista Êxito na Educação

Improviso: um bem imaterial brasileiro

Improvisar esta na alma do brasileiro. Muito ligado ao jeitinho brasileiro, a improvisação é a maneira que o brasileiro encontrou de suprir a falta de recurso. Assim surgiram coisas maravilhosas e outras nem tanto, na culinária, na moda, na politica, no teatro, no dia a dia, etc. Essa capacidade do brasileiro de se adequar de transformar uma impossibilidade numa ponte é o material de trabalho desses improvisadores. Entre eles temos Otorrinos, advogados, sociólogos, vendedores e até atores. Todos preparados para mostrar esse “bem” brasileiro no X CAMPEONATO CARIOCA DE IMPROVISAÇÃO

A Bailarina Rosa e o Soldadinho Azul

Meditação Laica Educacional: para uma educação emocional de Claudiah Rato

Meditação Laica Educacional: para uma educação emocional de Claudiah Rato. Jundiaí, Paco Editorial, 2011.

 

O livro "Meditação Laica Educacional: para uma educação emocional" é fundamentado na abordagem e preocupação com práticas escolares que aperfeiçoem a habilidade do aluno em controlar suas emoções. O essencial cuidado com o desenvolvimento emocional é necessário para o crescimento cognitivo e intelectual, em face de um comportamento equilibrado, para instauração de relações harmoniosas no exercício pleno da cidadania do descente. Esta obra investiga a eficácia e aponta os surpreendentes benefícios da prática da técnica da meditação laica no contexto do currículo escolar como capaz de habilitar o aluno do ensino médio a lidar com tais emoções.

 

 

 

Claudiah Rato é professora, psicóloga e Mestre em Ciência da Educação. Estudou também na Inglaterra e no Paraguai. É especialista em Psicoterapia Breve Focal, hipnose clínica e problemas no desempenho escolar. Teve um programa na TV Alphaville em São Paulo, voltado para o autoconhecimento. Sua pesquisa se fundamenta nas últimas descobertas da neurociência e do Projeto Genoma. Atualmente, está introduzindo a prática da Meditação Laica na Educação contribuindo para a mudança do paradigma biopsicossocial para a visão do ser humano como um ser biopsicossocial e espiritual fora do conceito de crenças e religião.

Lançamento do livro de Nichollas Schmidt - " Gabriel e a batalha de Dark Night"

No próximo dia 17 de dezembro, acontece em Botafogo o lançamento do terceiro livro do escritor Nichollas Schmidt, que completa 12 anos no próximo dia 26/11.

Será a nossa matéria de capa, sobre superdotados, na próxima edição da revista - Ano I - Número 5 - Nov/Dez de 2013.

"Gabriel e a Batalha de Dark Night" é a continuação de "Gabriel e o Mistério de Dark Night" lançado em 2012. Nichollas que aprendeu a ler aos dois anos, publicou seu primeiro livro aos oito, intitulado "O Monstro Assassino".

Serviço:
17 de dezembro de 2013
às 18 horas
Rua Voluntários da Pátria, 329

Obs: Telefone para o 3989-3279 para confirmar sua presença e reservar seu exemplar - apenas R$ 20,00 !!

Todos os presentes receberão um kit com todas as cinco edições da Revista Êxito na Educação 

Visite o site do escritor:
http://www.nichollasschmidt.com.br/

Lançamento do Livro Educação pela Arte

Em Homenagem ao Centenário de Augusto Rodrigues "O Artista e o Educador" (1913 - 2013), o nosso grande amigo Mario Orlando, um dos depoentes, convida a todos para o lançamento de livro de depoimentos em Educação pela Arte.

 

O evento ainda conta com:

  • A apresentação da orquestra de flautas Estúdio Musicante do Conservatório Brasileiro de Música/CBM, direção de Ruy Wanderley;
  • Lançamento da edição comemorativa do Jornal Arte e Educação;
  • Lançamento do Livro Educação pela Arte : depoimentos (Escolinha de Arte do Brasil/FUNARTE) e
  • Sarau de Memória


Será realizado hoje (21 de novembro), às 18hs, no Largo do Boticário, Rua Cosme Velho, 822. 

Oficina de Fabrício Carpinejar

O poeta, cronista e apresentador Fabrício Carpinejar passa pela Estação das Letras nos dias 29 e 30/11 para uma oficina sobre amor. Carpinejar quer desafiar e propõe a confissão sobre relacionamentos em textos e a abertura para a experiência de estilos. A ideia é usar a leitura de clássicos e de autores contemporâneos.

 

"O leitor vai ter ajuda para selecionar o que tem importância literária daquilo que foi vivido, incentivado a despertar evocações e lembranças secundárias, comparações e relações imprevisíveis do cotidiano", define o autor.

A oficina será entre 18h e 21h na Marquês de Abrantes, 177, no Flamengo.