Revista Êxito na Educação

Estudantes negros têm maior probabilidade de insucesso na escola, dizem pesquisas

Mariana Tokarnia
Repórter da Agência Brasil

Brasília – Duas pesquisas da Universidade de São Paulo indicam que alunos negros têm maior possibilidade de fracassar na escola do que os brancos. Para os pesquisadores o menor êxito dos negros é resultado de condições socioeconômicas. Contribuem também fatores culturais. Um deles é o preconceito desenvolvido por professores. Pequena parte deles acredita que os alunos negros terão, naturalmente, desempenho pior do que os brancos.

O conjunto de fatores determina que, quando os estudantes chegam ao 6º ano do ensino fundamental, 7% dos alunos brancos tenham mais de dois anos de atraso escolar, e entre os negros, o indicador chega a 14%. Os números são apresentados no artigo Fracasso Escolar e Desigualdade do Ensino Fundamental da pesquisadora Paula Louzano, publicado no relatório De Olho nas Metas de 2012, lançado pelo movimento Todos pela Educação.

O artigo é baseado no questionário socieconômico da Prova Brasil 2011, aplicada nacionalmente e respondido por 2,3 milhões de alunos do 5º ano. Dos alunos que responderam à questão de reprovação ou abandono da escola, um terço havia passado pela situação de insucesso na escola. Desses, 43% se autodeclararam pretos, 34% pardos e 27% brancos, segundo a denominação adotada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Estrutura escolar provoca adoecimento de professores, aponta pesquisa da FE

Igor Truz / Agência USP de Notícias


As escolas de educação básica, sejam públicas ou privadas, enfrentam desde sempre uma série de problemas para garantir sua efetividade, e mais do que isso, sua própria existência. Uma das dificuldades mais recentes, e de difícil solução, tem sido o problema do adoecimento e da deserção dos professores da escola pública brasileira. Para o historiador Danilo Alexandre Ferreira de Camargo, tal fenômeno acontece em função do cotidiano escolar ser insuportável para a maioria dos profissionais da educação.

Em sua dissertação de mestrado, O abolicionismo escolar: reflexões a partir do adoecimento e da deserção dos professores, desenvolvida na Faculdade de Educação, e orientada pelo professor Julio Roberto Groppa Aquino, o historiador procura fugir do lugar comum, e apresenta uma reflexão alternativa sobre a problemática relação dos professores com a escola: o abolicionismo escolar.

MEC retira 330 faculdades do Prouni por descumprimento de lei

MEC (Ministério da Educação) vai retirar 266 mantenedoras, responsáveis pela administração de 330 instituições de ensino superior, do Prouni (Programa Universidade para Todos). A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (20).

As mantenedoras deixaram de apresentar a quitação de tributos e contribuições federais de 2012. As mantenedoras já não puderam oferecer bolsas do programa no primeiro semestre de 2013.

Com isso, o programa deixa de ofertas quase 20 mil vagas, segundo o MEC. As mantenedoras podem entrar com recurso nos próximos cinco dias.

Adesão ao Prouni

No Diário Oficial da União desta segunda-feira (20) foi publicado também a abertura do processo de adesão de mantenedoras de instituições de ensino superior.

As faculdades interessadas em aderir ao Prouni devem emitir o termo de adesão por meio da mantenedora até as 23h59 do dia 6 de junho pelo Sisprouni (Sistema Informatizado do Prouni), disponível no site.

Renegociação das dívidas

O Proies (Programa de Estímulo à Reestruturação e ao Fortalecimento das Instituições de Ensino Superior) permite que instituições particulares convertessem até 90% das dívidas tributárias com o governo federal em bolsas de estudo ofertadas ao longo de 15 anos.

Fonte: Portal UOL

Governo dará auxílio financeiro para estudantes de baixa renda

Foi lançado na tarde desta quinta-feira, 9, no Ministério da Educação, o Programa Nacional de Bolsa-Permanência, ação de auxílio financeiro para estudantes de baixa renda das instituições federais de ensino superior. O cadastramento de instituições e universidades no programa poderá ser feito a partir da segunda-feira, 13.

A bolsa-permanência será concedida aos estudantes que atendam os critérios para a política de cotas, estejam matriculados em cursos com carga horária maior que cinco horas diárias e que tenham renda per capta familiar mensal de até 1,5 salários mínimos. O valor da bolsa é de R$ 400,00; será paga por meio do Banco do Brasil.

Programa reduz em 20% consumo de álcool entre adolescentes

Por Karina Toledo

Agência FAPESPPesquisadores australianos conseguiram reduzir em 20% o consumo de álcool entre adolescentes por meio de um programa que busca conscientizar os jovens, de forma lúdica e sintonizada com a sua realidade, sobre os riscos associados ao excesso de bebida. A metodologia está sendo adaptada para as escolas brasileiras por pesquisadores da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Segundo Ana Regina Noto, coordenadora do Núcleo de Pesquisa em Saúde e Uso de Substâncias (Nepsis) do Departamento de Psicobiologia da Unifesp, a ideia de desenvolver a versão brasileira do School Health and Alcohol Harm Reduction Project (SHAHRP), implantado com sucesso na Austrália, surgiu após a conclusão de uma pesquisa de seu grupo, divulgada em 2010, que revelou índices alarmantes de consumo de álcool entre alunos do 8º e 9º anos do ensino fundamental.

De acordo com o levantamento, 40% dos 5.226 entrevistados de escolas privadas paulistanas haviam bebido no mês anterior ao questionário – sendo que 33% em um padrão considerado nocivo e conhecido como binge – quatro ou mais unidades de álcool para mulheres e cinco ou mais para homens em uma única ocasião.

9º Congresso Internacional de Educação Superior – Universidad 2014

por Agência FAPESP 

O 9º Congresso Internacional de Educação Superior – Universidad 2014 será realizado entre os dias 10 e 14 de fevereiro de 2014 em Havana, Cuba.

Com o tema “Por uma universidade socialmente responsável”, o evento busca dialogar sobre assuntos contemporâneos relacionados à educação superior.

O encontro é voltado aos profissionais ligados ao ensino superior e a estudantes. Entre outros métodos, no programa estão previstos a apresentação de palestras e oficinas de debates.

Dentre os temas propostos para discussão estão “A responsabilidade social da pós-graduação”, “A investigação e pesquisa científica estudantil e seu compromisso social” e “O papel das universidades ante os desastres naturais”.

As inscrições para o envio dos trabalhos acadêmicos vão até dia 15 de novembro. Após julgamento, os melhores trabalhos poderão ser publicados no University Journal Congress.

Mais informações e inscrições: http://www.lionstours.com.br/universidad_2014_132.html

Fonte: Agência FAPESP