Revista Êxito na Educação

Design Thinking leva inovação para as salas de aula - Apoio da Ideo

Apoio da Ideo

O site Design Thinking for Educators traz orientações sobre como inovar em sala de aula e exemplos de professores que já estão repensando sua forma de atuar, especialmente nos Estados Unidos. O kit de ferramentas disponibilizado na web pela agência já ganhou versão em português, pelas mãos da ONG Educa Digital. A instituição sem fins lucrativos vem oferecendo consultorias para escolas de modo a levar inovação para o setor.

Um de seus desafios é tornar os livros didáticos adotados pelo governo obras acessíveis para toda a população, em vez de serem apenas distribuídos nas escolas pelo MEC com a proteção dos direitos autorais. “O Design Thinking é colaborativo. As soluções surgem da troca, o que vem ao encontro de tudo em que acreditamos. O livro didático ainda chega pronto às salas para serem usados, quando poderia ser criado, desenhado ou melhorado em sala de aula. Acreditamos que os professores precisam aprender a remixar o material e criar aquilo que seja pertinente a eles. E devem valorizar o erro, o que não acontece em escolas tradicionais. Ele tem seu valor como parte da experimentação, o que fica evidente no modelo de Design Thinking”, analisa Priscila Gonsales, Fundadora do Educa Digital, em entrevista ao Mundo do Marketing.

O Instituto pretende levar o modelo mental para dentro das salas de aula e já está com projetos em duas escolas de São Paulo. Uma delas é a Aubrick Escola Bilíngue Multicultural, na Zona Sul da capital, que abrirá em 2015 turmas a partir do sexto ano. Os professores e a coordenação da unidade participaram de oficinas para pensar de forma inovadora o currículo das séries do Ensino Fundamental. Em paralelo, o Educa Digital vem trabalhando com o Colégio Porto Seguro, onde o objetivo é pensar de forma diferente o conteúdo, mesmo aquele do Ensino Médio, voltado para o vestibular.